Treinamento corporativo: como aumentar assertividade da sua equipe

Crescer e oferecer sempre os melhores resultados é o sonho ideal de qualquer empresa. No entanto, isso exige um preparo maior dos colaboradores, e é aqui que o treinamento colaborativo entra.

Por meio dele, é possível desenvolver habilidades específicas nos funcionários, garantindo que eles estejam preparados para atender aos objetivos estratégicos da organização.

As aulas podem ser direcionadas para todos os colaboradores, desde o estagiário até os diretores e presidente. Basta que seja feito um estudo cuidadoso sobre o público e o conteúdo que será abordado.

Vamos entender melhor como funciona e também como ele pode ser usado para aumentar a assertividade da sua equipe nas atividades do dia a dia?

Os benefícios do treinamento corporativo para sua empresa

Quando a empresa investe no desenvolvimento dos seus colaboradores, eles se sentem valorizados e ficam mais motivados, o que melhora o clima interno.

Então, a melhoria do clima organizacional é um dos principais benefícios.

O aumento da produtividade é uma das vantagens mais evidentes de uma política de treinamentos estruturada. Se um funcionário tiver suas competências desenvolvidas, seu desempenho na realização das tarefas diárias certamente será melhor.

Além disso, você conta com colaboradores mais confiantes para exercer suas atividades e ajudar seus colegas de trabalho!

Mas como montar um treinamento colaborativo e ter todos esses benefícios na empresa?

É o que você aprenderá agora.

Passo a passo para um treinamento bem estruturado

Agora você já entendeu melhor sobre o que é um treinamento corporativo e conhece alguns ótimos benefícios que ele pode levar ao seu ambiente de trabalho, vamos ao passo a passo e as etapas essenciais para esse trabalho:

Comece por um simples diagnóstico da empresa

Para existir eficácia no treinamento corporativo é preciso entender as demandas de dentro da empresa.

Por isso, é essencial fazer um diagnóstico para saber o que precisa ser ensinado ou aprimorado entre os setores. E esse deve ser sempre o seu primeiro passo.

Mais do que entender os grupos, é importante mapear competências e deficiências individuais, para que possam existir acompanhamentos precisos.

Lembre-se que o treinamento corporativo deve abranger todos os colaboradores da empresa. E por isso, saiba dos seus próprios colaboradores quais são suas demandas e dores maiores.

Após esse mapeamento, os gestores e o RH poderão começar a planejar o treinamento.

Planeje o treinamento corporativo

Com informações importantes extraídas na fase anterior é possível planejar os treinamentos de acordo com os objetivos e metas da empresa e, nessa fase, é essencial pensar em cada uma delas.

Além disso, é aqui que você deve planejar orçamentos e custos com tudo que será necessário, como: local, professores, materiais de ensino, possíveis contratações e terceirizações.

É preciso preparar materiais necessários e instrutores que serão responsáveis por cada tema, cronogramas e relações de colaboradores que farão parte de cada turma, de forma que os setores não fiquem desfalcados e o treinamento não se torne um problema.

Tenha um plano de aulas

Agora é hora de desenvolver os treinamentos e seus conteúdos.

Levante os tópicos importantes sobre os conteúdos, crie materiais criativos e pense em dinâmicas que despertem o interesse daqueles que vão participar.

Crie os conteúdos e o plano de aula de acordo com a necessidade de cada área ou grupo que foi separado.

Os planos de aula devem abordar temas relevantes e ser organizado de maneira que facilite o aprendizado. O formato do curso vai depender muito do poder de investimento da empresa e do tipo de conhecimento que será construído.

Lembre-se de nessa etapa voltar para as falhas e necessidades e compor o conteúdo com base no levantamento inicial. Pense em quais devem ser os objetivos do treinamento corporativo e não faça apenas conteúdos que sejam divertidos para o grupo, mas não agregarão para a organização a longo prazo.

Há ainda os treinamentos gamificados que utilizam mecânicas típicas de jogos, como níveis de dificuldade e recompensas por desempenho. Busque por aqueles que serão mais interativos.

Implemente o treinamento corporativo

A execução do treinamento começa muito antes da primeira aula. Antes de tudo, é preciso divulgá-lo. Afinal, não adianta elaborar o curso corporativo mais completo do mercado, se os colaboradores não se interessarem por ele.

E quando o dia chegar, basta colocar em prática todo o planejamento traçado previamente.

Mensure os resultados

Aplicar uma prova final é uma boa maneira de verificar o aprendizado do colaborador em um primeiro momento. No entanto, os resultados reais serão vistos na prática

Peça para que cada gestor acompanhe o desempenho da equipe de perto e avalie se o treinamento, realmente, surtiu efeito no dia a dia de trabalho.

Obter o feedback dos participantes sobre o treinamento também é fundamental. Assim, além de ser avaliado por seu desempenho, o colaborador também tem a chance de expor suas opiniões sobre as aulas.

É evidente que os efeitos das capacitações não surgem de um dia para o outro, por isso, é preciso analisar com frequência e preparar avaliação e indicadores de performance para entender as melhorias causadas, sejam técnicas ou comportamentais.

Bônus: empresas que utilizam o treinamento corporativo e são sucesso!

Muitas empresas já estão colocando o treinamento corporativo como rotinas organizacionais. Por isso, separamos alguns cases de sucesso para te inspirar:

Tigre

A Tigre, referência em soluções para construções e reformas, busca a instrução e desenvolvimento de seus funcionários e desde 2016 tem trabalhado forte no treinamento corporativo e no conteúdo EaD.

A empresa possui inúmeros treinamentos e canais informativos para seus profissionais e, também, para aqueles que lidam diretamente com os clientes da Tigre.

Domino’s

A pizzaria Domino’s é conhecida por seu rápido atendimento e entrega e, para que isso aconteça é preciso contar com funcionários capacitados e que entendam bem da empresa e de sua missão.

Pensando nisso, a Domino’s conta com processos de aprendizagem desde o onboarding dos funcionários, trabalhando com gamificação e atividades práticas, como montagens de pizzas, que estimulam o aprendizado de forma rápida.

Amazon

Outra empresa importante, a Amazon também se preocupa com a qualificação dos colaboradores para que a entrega ao consumidor seja o melhor possível e gerem boas experiências.

Diversas são as ações para seus funcionários e a empresa paga matrícula em cursos para muitas funções e realiza programas de treinamento intensivo e capacitação de novos líderes.

Percebe como adotar a prática de treinamento corporativo e desenvolvimento de funcionários faz com que a equipe se torne mais eficiente e produtiva e aumenta a valorização e motivação dos colaboradores?

Agora você sabe mais sobre a importância do treinamento corporativo, conhece alguns de seus benefícios e passos indispensáveis para a criação do seu, que tal refletir sobre o tema e implementar em sua empresa?

Website | + posts

Matérias relacionadas