Educação corporativa 4.0: o futuro dos negócios é agora!

Fundamental para conseguir aprimorar a produtividade de um negócio, a educação corporativa é uma prática que vem ganhando espaço entre líderes que buscam aprimorar as habilidades dos colaboradores. E com o avanço das tecnologias, já contamos com a educação corporativa 4.0!

A pandemia da Covid-19 “forçou” uma aceleração significativa na adoção de novas tecnologias e metodologias educacionais para tornar a educação viável em tempos de isolamento social.

A Grand View Research, uma empresa de consultoria de negócios, publicou recentemente um relatório global do mercado EdTech que aponta um crescimento de 18,1%, que representa US $ 285,2 bilhões até o final de 2027.

Entre as principais tendências estão o uso de inteligência artificial na educação e o aumento do uso de tecnologias imersivas no ensino e na aprendizagem.

Mas o maior destaque entre as tendências são os Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA), ou plataformas digitais de ensino onde os colaboradores em treinamento podem acessar e compartilhar recursos de aprendizagem e conteúdo educacional, como vídeos, questionários interativos e aulas.

Afinal, o que é educação corporativa 4.0?

As salas de aula ainda seguem o formato de educação mais tradicional, certo?

Nele, o professor é o centro das atenções e o aluno somente o receptor das informações. No entanto, algumas pessoas já perceberam que o fim de cada disciplina não significa que o aluno aprendeu aqueles conteúdos que foram transmitidos em sala de aula. 

Nesse sentido, a educação corporativa 4.0 vem para mudar esse cenário.

Assim, algumas técnicas de aprendizado são implementadas para transformar a educação das empresas. Os profissionais usam os estudos de caso ou games em troca daqueles treinamento que não geram interesse em nenhum colaborador. 

Por isso a educação corporativa é tão importante nesse contexto. E como todas as atividades relacionadas ao desenvolvimento de pessoas, deve ser adaptada à realidade atual.

Quais são os objetivos dessa prática?

Melhora no clima corporativo, ações motivadoras, comunicação direta e clara, transparência e evolução individual são alguns dos objetivos da prática, sempre com o foco final voltado para melhorar os resultados da empresa.

Em uma liderança 4.0, é possível reciclar os conhecimentos e criar uma rede de aprendizado contínuo, para que o tempo gasto nas tarefas do dia a dia seja mais bem aproveitado. 

Porém, para tornar isso real, em primeiro lugar, é preciso identificar e entender o potencial dos colaboradores, incentivando-os a buscar cada vez mais conteúdos e inovação.

Como implementar uma cultura de educação corporativa 4.0 nas empresas?

O primeiro passo para investir em educação corporativa é fazer um bom planejamento. Avalie se a sua empresa está preparada, ou seja: se é o melhor momento para novos processos, se está em um momento cultural legal ou se o investimento não trará prejuízos.

Outra dica interessante é contar com ótimos recursos tecnológicos. Portanto, antes de tomar a sua decisão, avalie corretamente qual plataforma de educação corporativa atende às suas necessidades. 

Observe a sua interface, as funcionalidades, os benefícios, a forma como os resultados são mensurados e o suporte que é fornecido pela empresa. 

É fundamental treinar a sua equipe para usar a plataforma. Não basta escolher um sistema eficiente se você não está preocupado com o desenvolvimento da tecnologia em sua organização. Sendo assim, estipule uma data para que você não só execute os treinamentos, mas também avalie os impactos que ele trouxe para a empresa. 

Por fim, crie a cultura do aprendizado em seu negócio. Compartilhe o quanto é importante o conhecimento para a execução das atividades diárias e para a formação do profissional.  

Existem diversas possibilidades para a educação corporativa, cada uma com características particulares que, por sua vez, podem produzir resultados distintos. Como:

  • E-learning;
  • Microlearning;
  • Mobile learning;
  • Gamificação;
  • Realidade virtual;
  • Vídeos;
  • White board;
  • Pílulas do conhecimento;
  • Rapid learning;
  • Simuladores;
  • Infográficos;
  • E-book digital;
  • Literatura técnica.

São inúmeras possibilidades, considerando qual será mais eficaz para os colaboradores e trará mais resultados positivos. 

Em nosso blog, temos um conteúdo completo sobre o assunto em passos a passos aplicáveis, confira: Como implementar a educação corporativa?

Aplicando a educação corporativa 4.0

Como vimos, existem inúmeras maneiras de aplicar a educação corporativa no mundo empresarial. E para isso, é possível contar com diversos recursos. 

Separamos e explicamos os mais comuns. São eles: 

E-learning

As tendências da educação corporativa giram todas em torno do e-learning. O custo-benefício nessa vertente que dispensa deslocamentos de colaboradores para um treinamento que pode levar dias ou semanas é determinante nesses casos. 

E os cursos online, além de mais práticos, geram custos bem menores além de promover o conhecimento de uma maneira mais interessante e prática, o que aumenta o engajamento dos colaboradores ao treinamento.

Entre as vantagens, destaca-se a possibilidade de customização dos treinamentos de acordo com as necessidades da empresa e do perfil dos colaboradores. 

Outra vantagem fundamental é o benefício de escalar os treinamentos com menores custos e de forma padronizada, eliminando inclusive as barreiras geográficas. 

Além disso, o e-learning possibilita a integração de ferramentas muito em alta como o microlearning e a gamificação.

Blended Learning

Essa tendência já vinha se firmando na educação formal e agora ganhou mais destaque na educação corporativa. É que as empresas perceberam que se o trabalho pode ser remoto, os treinamentos e capacitações também podem. Ainda mais com a variedade de recursos disponíveis.

E, neste contexto, o chamado blended learning, que une o ensino presencial ao formato online, virou uma das abordagens mais importantes na educação corporativa.

O método é indicado principalmente para treinamentos técnico operacionais em que os colaboradores precisam aprender ou reciclar conhecimentos na operação de equipamentos específicos.

É o caso de motoristas de frota, por exemplo, que podem unir a aprendizagem teórica à prática por meio de simuladores de direção.

Microlearning

Os treinamentos baseados em microlearning são caracterizados por se dividirem em pequenos módulos, que ocupam pouco tempo do colaborador. O conteúdo é apresentado em diferentes formatos como textos, vídeos, áudios, jogos e desafios ou mesmo testes. 

A característica geral dessa vertente é o tempo curto.

O microlearning é ideal para treinamentos corporativos pois sua característica principal, a brevidade de cada módulo, pode ser muito conveniente para os colaboradores.

Gamificação

Gamificação é um anglicismo usado para definir a utilização de jogos como recursos em diferentes contextos, entre eles no processo de aprendizagem. O conceito usa elementos presentes em jogos para despertar o interesse e engajar os alunos de forma a se atingir determinado objetivo pedagógico.

Essa abordagem pode ser adotada desde a criação de dinâmicas e gincanas até a utilização de recursos digitais mais sofisticados.

Assim, podemos concluir que: as principais tendências da educação corporativa têm em comum a tecnologia e o protagonismo do colaborador na busca do conhecimento. 

Viu o motivo da educação corporativa nas empresas ser uma das grandes tendências do mercado corporativo atual? Esperamos que este conteúdo ajude você a iniciar a implementação agora mesmo!

+ posts

Pai, filho, educador e apaixonado por inovação!
Graduado em Gestão de Tecnologia da Informação com MBA em Liderança e Gestão Empresarial. Já são mais de 20 anos com atuação em empresas ligadas ao Agronegócio nas áreas de gestão, consultoria e educação corporativa.

Matérias relacionadas

Deixar comentario