Você sabe o que é educação corporativa e todo o conceito por trás do tema, avaliou todas as possibilidades, mas não sabe como implementá-la em sua empresa. E agora? 

 

Sabemos que uma das funções de um RH estratégico é justamente promover o desenvolvimento dos colaboradores da empresa como forma de valorizar os profissionais, criando uma cultura de líderes. 

Neste artigo, daremos dicas sobre como implantar esse processo e apresentaremos algumas ferramentas que podem contribuir para preparar cursos, treinamentos e capacitações.

 

Passo a passo para implementar a educação corporativa na sua empresa 

 

A necessidade de crescer e se destacar no mercado faz com que organizações invistam cada vez mais em estratégias de educação corporativa. 

Gestores têm percebido que treinamentos esporádicos não têm um impacto real na rotina. É necessário manter uma continuidade de aprendizado para que o aprendizado seja absorvido como um todo. 

Então, vamos ao passo para implementar a educação corporativa na sua empresa:

 

Passo 1: Escolha o melhor caminho e se planeje 

 

Definir um plano estratégico é o melhor caminho para escolher as ferramentas certas na aplicação da educação corporativa. 

Conseguir identificar as necessidades da sua empresa é o primeiro passo. 

Una gestores e faça perguntas como: 

  • Qual foi a última vez que investimos em educação para colaboradores?
  • Você sabe qual área precisa de mais treinamento? Qual conteúdo é mais relevante para a área em que você atua? 
  • Apenas um treinamento basta?
  • Como iremos avaliar a eficácia do investimento?
  • O que é imprescindível para que essa decisão seja tomada? 

A partir daí, é possível definir o quanto a empresa tem para investir, em que áreas, como ter dados para convencer o diretor ou a pessoa responsável a investir, entre outros. 

Assim, o RH age em conjunto com outros departamentos, sendo também parte estratégica dos planejamentos e objetivos da empresa. Isso, atualiza a função tradicional do RH de apenas atender as demandas, quando é necessário.

 

Passo 2: Defina o tempo de formação

 

Na educação corporativa o tempo das capacitações é um fator importante.

Quando sua estratégia está bem construída, o tempo tende a ser mais assertivo para não desgastar o colaborador ao longo do curso. 

Quanto mais simples o curso for, menor tempo de formação será necessário. Agora se estamos falando de um treinamento para uma ferramenta que acabaram de contratar, esse tempo tende a se estender, afinal, ela pode (e deve) sempre ser atualizada, fornecendo o treinamento ideal para os colaboradores da sua empresa.

O dinamismo pode ajudar a engajar mais os profissionais a absorverem todo o conteúdo que lhes será passado.

 

Passo 3: Planeje a implementação

 

Após identificar quais áreas podem ser desenvolvidas, é hora de planejar a implementação do programa. Esse momento deve contar com o apoio dos gestores das equipes, de forma a identificar se existem períodos mais propícios para o início da metodologia.

Também é preciso considerar quais serão os gastos imediatos e a longo prazo que o programa de educação corporativa vai gerar.

Neste planejamento, o RH deve estipular se todos participarão do programa ao mesmo tempo ou se ele será realizado por etapas.

 

Passo 4: Escolha a metodologia

 

Existem diversas possibilidades para a educação corporativa, cada uma com características particulares que, por sua vez, podem produzir resultados distintos. Como:

  • E-learning;
  • Microlearning;
  • Mobile learning;
  • Gamificação;
  • Realidade virtual;
  • Vídeos;
  • White board;
  • Pílulas do conhecimento;
  • Rapid learning;
  • Simuladores;
  • Infográficos;
  • E-book digital;
  • Literatura técnica.

São inúmeras possibilidades, considerando qual será mais eficaz para os colaboradores e trará mais resultados positivos. 

 

Passo 5: Aproveite a tecnologia à disposição

 

Colocar a tecnologia como uma das prioridades é um grande passo para montar uma educação corporativa de sucesso.

Quando a sua empresa está aberta para experimentar todos os meios eletrônicos a chance de crescimento no mercado é maior.

Com a tecnologia ao seu dispor, não se torna necessário que o colaborador reserve uma hora do seu dia para um curso sobre liderança, por exemplo. Ele poderá realizá-lo na modalidade EAD, quando e onde quiser. 

Inúmeras ferramentas oferecem maior facilidade para o colaborador, e consequentemente sua empresa cria uma cultura digital dentro de um mercado que se atualiza diariamente.

Contar com uma empresa especializada nesse setor é uma forma de garantir que seus funcionários terão treinamentos realmente completos e com alto nível de desenvolvimento.

 

Passo 6: Monitore os resultados 

 

Após a implementação do programa de educação corporativa, é imprescindível acompanhar os resultados e métricas gerados. É preciso criar indicadores que sejam pontuais em mostrar se as estratégias estão alcançando os objetivos.

Após todo o treinamento oferecido ao colaborador, é preciso avaliar o quão proveitoso ele foi para o seu crescimento a fim de que a empresa possa corrigir possíveis falhas e investir onde mais precisa. 

Viu o motivo da educação corporativa nas empresas ser uma das grandes tendências do mercado corporativo atual? Esperamos que este conteúdo ajude você iniciar a implementação agora mesmo! 

Website | + posts

Matérias relacionadas