Blended learning: o que é e como funciona na prática?

Quando falamos na modernização do ensino e nas novas formas de aprendizagem, as instituições estão se renovando cada vez mais. Um deles é a adoção do modelo híbrido, também conhecido como Blended learning.

Ao combinar os benefícios da educação a distância aos do ensino presencial, essa abordagem se adapta e varia em diferentes contextos, inclusive para as empresas.

Quer saber mais sobre esse novo modelo de educação, como ele funciona e como iniciar uma estratégia de blended learning? É o que iremos abordar neste artigo. Confira!

O que é blended learning e como ele funciona?

O blended learning, também conhecido como ensino híbrido, aprendizagem mista ou b-learning, é um modelo educacional que busca combinar o ensino presencial com o aprendizado remoto baseado na tecnologia.

Ou seja, o aprendizado acontece tanto em sala de aula como em ambiente virtual. O aluno terá tanto em sala de aula, com um professor e outros alunos, quanto em ambiente virtual, por meio de plataformas digitais ou outros recursos.

O blended learning no ambiente corporativo

O Instituto Learning & Performance Brasil realizou, em 2014, a pesquisa intitulada “Utilização do blended learning nas organizações brasileiras”. Veja alguns dos resultados apresentados por essa pesquisa.

Sobre as modalidades de treinamento oferecidas em maior escala:

  • 50% das empresas relataram utilizar predominantemente o ensino presencial;
  • 35% das empresas relataram utilizar predominantemente o ensino a distância (internet e intranet);
  • 14% das empresas relataram utilizar predominantemente o blended learning.

As vantagens do blended learning para a empresa

Os motivos para que esse tipo de educação híbrida esteja ganhando cada vez mais espaço no ensino e para as empresas que já investem em educação corporativa, essa pode ser uma ótima aposta!

Utilizar o formato blended learning na educação corporativa é uma opção interessante para quem quer unir os benefícios de cada uma das modalidades de aprendizado. Separamos algumas delas:

Redução de custos

Numa estratégia de blended learning, a educação a distância pode fazer com que seja reduzida a carga horária presencial. Dessa forma, diminuem os custos com diárias de especialistas e professores.

Além disso, o conteúdo online pode ser facilmente atualizado.

Diversificação das aprendizagens

Pessoas diferentes aprendem de formas distintas. Portanto, a aprendizagem combinada tem chances maiores de ser eficaz para mais colaboradores, que possuem diferentes níveis de habilidades e capacidades.

Introdução da cultura e-Learning na organização

O blended learning é uma forma interessante de introduzir a cultura e-Learning em organizações que possuem um histórico predominante de treinamento presencial.

Mesclar a capacitação presencial com o ensino a distância pode fazer com que os colaboradores se adaptem melhor a esse cenário tecnológico que vem transformando a educação corporativa mundial.

E o que ensinar em cada modalidade?

Diferentes conteúdos exigem abordagens distintas em relação a seu ensino. No blended learning não é diferente.

Por mesclar duas maneiras de ensino, existem conteúdos e formas mais adequadas para o ensino.

  • O que ensinar a distância: conteúdos mais objetivos, apesar de poderem ser ensinados presencialmente, apresentam uma ótima adequação a abordagens a distância;
  • O que ensinar presencial: conteúdos mais complexos e subjetivos, apesar de poderem ser abordados a distância, são potencializados no ensino presencial.

Conclusão

Como você viu, o ensino tradicional, no qual as aulas presenciais são a regra, tem se tornado cada vez mais obsoleto. Mas isso não significa que não dê para unir o que há de melhor no aprendizado tradicional com as últimas tecnologias de ensino.

E é justamente isso que o ensino híbrido oferece: ele junta a rotina flexível dos cursos online com a maior interação do aprendizado presencial.

Agora que você já sabe o que é blended learning e como ele funciona, que tal se aprofundar ainda mais no mundo da educação a distância? Continue acompanhando o Blog da Plantar Educação!

Website | + posts

Matérias relacionadas